Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS AD)
Instituição
PMA

CAPS AD
Resumo da Iniciativa
Araucária conta com um serviço de saúde especializado em oferecer atenção em saúde mental a pessoas que fazem uso prejudicial do álcool e outras drogas, através de ações de atenção à crise, tratamento e reabilitação psicossocial: o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS AD).
Descrição da Iniciativa
No CAPS AD são realizados atendimentos por equipe multiprofissional composta por psiquiatras, psicólogos, médicos clínicos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, farmacêutica para suporte, enfermeiro, auxiliares de enfermagem, auxiliar administrativo, auxiliares de serviços gerais, estagiários e a coordenação.
A busca pelo atendimento pode ser realizada pelos pacientes ou familiares de forma direta (porta aberta) ou através de encaminhamento dos diversos serviços da rede municipal e comunidade. O CAPS AD oferece atenção diária a pacientes, permitindo a elaboração de projetos terapêuticos dentro de uma perspectiva de evolução contínua, visando a reinserção social e a melhoria da qualidade de vida. O apoio da família e redes sociais são fundamentais neste processo.
O serviço desenvolve as atividades de acolhimento, escuta e avaliação das necessidades de quem precisa de cuidados em saúde mental relacionados ao uso de álcool e outras drogas. São realizadas oficinas e grupo terapêutico que são atividades coletivas que estimulam potencialidades, socialização e participação na comunidade. O CAPS AD ainda oferece a psicoterapia, um espaço de escuta para abordar o sofrimento psíquico e autonomia em relação à vida e ao cuidado em saúde mental. No acompanhamento clínico e psiquiátrico é feita a avaliação do estado psíquico e da condição clínica do usuário do serviço, instituindo conduta medicamentosa e terapêutica quando necessário. Também é realizado o atendimento social através da avaliação, orientação e acompanhamento sociofamiliar, encaminhamentos para serviços da rede de saúde e assistência social, bem como espaços comunitários. O acompanhamento e orientação familiar oferecem suporte ao acompanhamento terapêutico e as visitas domiciliares também fazem parte do tratamento por meio da intervenção no domicílio.
De acordo com o CAPS AD, em média, ocorrem 92 acolhimentos/orientações (entre pacientes e familiares) por mês, e entre 350 a 400 pessoas são inseridas em tratamento/mês - dado colhido em junho/2019.
ODS correspondentes à iniciativa
Contato da Iniciativa
PMA
Rua Pedro Druszcz, 111 - Centro - 83702-080 - Araucaria - PR
(41) 3614-1575